• Home »
  • Notícias »
  • Dupla é presa suspeita de roubar carga de condicionadores de ar avaliada em R$ 1 milhão, em Manaus

Dupla é presa suspeita de roubar carga de condicionadores de ar avaliada em R$ 1 milhão, em Manaus

G1 – Dois homens de 31 e 33 anos foram presos suspeitos de roubar uma carga de cerca de 300 condicionadores de ar, avaliada em R$ 1 milhão. O crime ocorreu no dia 3 deste mês, no terreno de uma empresa de transportes situada na Avenida Torquato Tapajós, bairro Tarumã, na Zona Norte de Manaus.

presos

A dupla foi presa na noite de quinta-feira (9). Um dos suspeitos foi detido no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste, e outro no bairro Cidade de Deus, na Zona Norte.

O delegado Adriano Félix, titular da Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações (Derfd), informou que, no dia do roubo, estavam no terreno um vigilante e outras quatro pessoas que prestavam serviço para a empresa. O grupo foi amarrado, agredido e ameaçado por um criminosos ainda não identificados.

No momento da ação, os dois homens presos teriam sido responsáveis por retirar os produtos que estavam em duas carretas e colocá-los em caminhões menores. Segundo a Polícia Civil, eles são os responsáveis por articular o crime.

Um dos caminhões usados na ação foi apreendido na quinta-feira (9), em Santarém, junto com parte do material roubado. O caminhão foi transportado para a cidade paraense em uma balsa, na segunda (6).

O restante do material, 193 peças no total, foi apreendido, parte na casa de um dos suspeitos e outra parte em uma casa na Zona Sul de Manaus. O proprietário da residência foi identificado e vai responder por receptação.

O delegado da Derfd informou ainda que toda a carga – que continha condicionadores de ar de 70, 30, 24 e 12 mil BTUs, além de 560 peças do aparelho de ar – tinha valor de mercado avaliado em R$ 1 milhão.

Outros envolvidos

Félix informou que os dois homens chegaram a contratar o proprietário de um terreno para que o caminhão com o material roubado fosse guardado no local. Um motorista também foi contratado para transportar os produtos até o terreno. As duas pessoas foram identificadas, mas ainda não foram localizadas.

Ao longo da investigação, a polícia constatou que a dupla teria recebido R$ 2 mil para pagar as despesas do crime. O dinheiro foi cedido por um homem, que também já foi identificado e liberado após se apresentar à polícia para prestar esclarecimentos. Ele teria prometido comprar os produtos roubados por R$ 100 mil e vai responder por roubo majorado em liberdade.

A dupla presa nesta segunda (9) também foi autuada por roubo majorado. Ao término dos procedimentos na delegacia especializada, eles serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

A polícia segue com as investigações sobre o caso para identificar outros envolvidos no crime.