Chuva provoca danos e interdita ao menos duas estradas mineiras

As chuvas que atingem Minas Gerais vêm causando transtornos para moradores e problemas em estradas. Ao menos duas rodovias estão interditadas por causa de avarias em pontes e rompimento de bueiros, segundo o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG). As interdições são em Marilac e o distrito de Cuieté Velho, na Região do Rio Doce, a mais atingida pelos temporais.

A situação mais complicada é em Marilac. A chuva que atingiu a cidade na sexta-feira provocou danos em uma ponte da MGC-451 e isolou a comunidade. A estrutura asfáltica no km 367,5 foi levada pela correnteza do Córrego do Bugre, principal ligação com Governador Valadares. Neste trecho, os motoristas estão tendo que pegar um desvio por uma rua da cidade que segue até o distrito de Chonim de cima.

Rodovias em Minas intransitáveis (Foto e Texto Site Em)

Rodovias em Minas intransitáveis (Foto e Texto Site Em)

No km 350,1 o problema no asfalto que provocou o fechamento da pista. De acordo com o DEER, dois bueiros se romperam na rodovia. Foi feita a sinalização no local e um desvio foi criado. Os motoristas devem pegar a MGC-259 e seguir até a MG-314. De lá, vão até o entrocamento para São José da Safira e acessar a LMG-744 até Marilac. São aproximadamente 21 quilômetros em trecho não pavimentado.

Em Cuieté Velho, a interdição acontece na LMG-788 devido a problemas na cabeceira da ponte localizada no km 5,8. Os motoristas podem pegar um desvio pela CMG-458 e seguir até Conselheiro Pena. De lá, devem pegar A BR-259 até São Vítor. Depois, acessar a BR-381 até Governador Valadares, seguir pela BR-116 até o entrocamento com a BR-458. Em seguida, pegar a rodovia e acessar a LMG-788, em direção a Alvarenga.

Os trechos interditados são de estradas estaduais. Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), nenhuma rodovia federal em Minas Gerais está interditada por problemas provocados pela chuva.