CNT defende conclusão do julgamento da tabela de frete pelo STF

A Confederação Nacional do Transporte divulgou nota para defender que seja concluído o julgamento sobre a tabela de fretes pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“Com a abertura dos trabalhos do Judiciário em 2020, o STF sinalizou que deve mesmo julgar, no próximo dia 19 de fevereiro, a constitucionalidade Política de Preços Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas, conhecida como a Tabela de Frete.

A CNT, como a entidade máxima de representação das empresas de transporte e logística do Brasil, defende a finalização do julgamento”, disse o presidente da entidade, Vander Costa. “O setor urge por uma definição em relação a essa questão.”