Dois dos 10 piores trechos de rodovias do país estão em Goiás

G1

A pista da BR-158 no sudoeste goiano está tomada por buracos, agravando o problema quando o motorista tem que transitar debaixo de chuva. A pesquisa revela que o trecho goiano da rodovia só está melhor que um trecho entre Tocantins e Bahia.

Já na GO-174, além do problema dos buracos, os motoristas reclamam da falta de sinalização.

Além das duas rodovias em Goiás que aparecem no ranking das piores, o estudo chama atenção para outras 27 rodovias goianas. A GO-184 e a GO-302  foram classificadas como “péssimas” por conta do estado geral da rodovia, pavimentação, sinalização e geometria, que avalia as condições de curvas, acostamento e faixas adicionais.

Em um trecho da GO-184, em Serranópolis, região sudoeste do estado, o asfalto praticamente sumiu. Já a GO-302, na divisa com o Mato Grosso do Sul, chegou a ser interditada por decisão da Justiça no ano passado. Na época, por conta da quantidade de buracos, o juiz considerou a rodovia “intransitável”.

A Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) informou que vai fazer uma análise do estudo para se posicionar. A Agetop disse ainda que houve uma melhora nas condições das rodovias goianas.

Já o Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit) informou que para recuperar o trecho entre Jataí e Piranhas existe um contrato de manutenção com previsão de término para julho de 2017.

Justiça ordena a interdição parcial da GO-302 por excesso de buracos em Goiás (Foto: Divulgação/MP-GO)

Justiça chegou a interditar GO-302 por excesso de buracos em Goiás (Foto: Divulgação/MP-GO)