• Home »
  • Pedágios »
  • Governo consegue maioria e confirma autorização para cobrança de pedágio nas GOs

Governo consegue maioria e confirma autorização para cobrança de pedágio nas GOs

A primeira votação no plenário da Assembleia Legislativa de Goiás avaliou o veto do governador a projeto de Lei de autoria do deputado Alysson Lima (Solidariedade). O parlamentar conseguiu a aprovação da matéria para revogar a lei dos pedágios, aprovada e sancionada no governo passado. No entanto, o governador vetou o texto, enquanto a Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) realiza estudos para apresentar novo modelo de concessão de rodovias em Goiás. Os parlamentares decidiram, por 21 votos a 13, que o veto fosse mantido. Com a manutenção do veto, os pedágios seguem autorizados em Goiás. 

O autor do projeto, Alysson Lima, promete ir à Justiça para proibir a cobrança de pedágios em rodovias goianas. “Temos um argumento muito forte para poder amparar essa ação no TJ, ela entrou aqui, tramitou durante o ano passado, foi aprovada na CCJ, em primeira e segunda votação por unanimidade, ou seja, ninguém queria que os pedágios fossem viabilizados no Estado de Goiás, de repente o governador, que foi sempre contra pedágios, resolve vetar o nosso projeto Lei, envia o veto dele para a Assembleia, e os deputados da base, por sua maioria, resolveram manter o veto do governador, agora nós temos o mecanismo de poder entrar no TJ, se for caso recorrer até o STF para nossa lei seja mantida”.