Porto de São Sebastião será privatizado, diz Ministério da Infraestrutura

O Ministério da Infraestrutura rebateu o governador João Doria (PSDB) e informou que a previsão é que o Porto de São Sebastião seja privatizado ao longo de 2021.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, sobre concessão de rodovias, Doria disse que a intenção do governo federal era privatizar o Porto de São Sebastião e o de Santos ainda em 2020, o que o ministério negou.A matéria continua após a publicidade
Publicidade

“Temos influência direta no Porto de São Sebastião, e indireta no Porto de Santos. Nossa estimativa é que o governo federal, através do ministro Tarcísio Gomes de Freitas [Infraestrutura], possa realizar a privatização dos dois portos em 2020. Essa é, aliás, a intenção que ele [Tarcísio] nos antecipou”, afirmou Doria.

A assessoria de imprensa do Ministério da Infraestrutura informou, no entanto, que os cronogramas de desestatização dos dois portos não foram alterados. As privatizações seguem previstas para 2021.

Em nota, a Secretaria Estadual de Logística e Transportes confirmou o processo de privatização do porto instalado no Litoral Norte.

“O Porto de São Sebastião foi incluído no PPI (Programa de Parcerias de Investimento) do Governo Federal e encontra-se em processo de definição do modelo de desestatização que está sendo desenvolvido pela Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários.”

O Estado tenta privatizar o Porto de São Sebastião desde os anos 1990, quando a crise econômica barrou o processo.