Categorias
Notícias Polícia

PRF prende dois ladrões de carga na BR-364 e homem armado na BR-116

Inicialmente, os dois homens disseram desconhecer os veículos, mas a chave de um dos caminhões foi encontrada com um deles (foto: PRF/Divulgação)
Inicialmente, os dois homens disseram desconhecer os veículos, mas a chave de um dos caminhões foi encontrada com um deles (foto: PRF/Divulgação)

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Minas Gerais prenderam três pessoas em duas ocorrências diferentes na noite desta segunda-feira e madrugada de hoje. O primeiro caso ocorreu por volta das 20h de ontem na BR-364, em Frutal, no Triângulo Mineiro, quando dois homens foram presos suspeitos de furto da carga de feijão de dois caminhões. O segundo ocorreu já na madrugada, quando uma fiscalização de rotina na BR-116, em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, encontrou uma arma de fogo no bagageiro de um ônibus.

Primeiro, agentes da Delegacia de Frutal receberam a denúncia de um dono de uma distribuidora dizendo que a carga de feijão de seus dois caminhões tinha sido furtada e a empresa responsável pelo rastreamento apontou os veículos em um posto de combustíveis na BR-364, em Frutal.

Os policiais foram até o local, mas encontraram os veículos aparentemente intactos, sem indícios que demonstrassem o furto. O proprietário foi orientado a registrar a queixa na Polícia Civil para que a PRF pudesse tomar outras providências. Uma hora depois, os policiais foram novamente acionados, dessa vez porque dois suspeitos apareceram rondando os caminhões.

Ao abordarem os suspeitos, os policiais encontraram a chave de um dos veículos e um celular, com o número correspondente ao do motorista de um dos veículos. Por telefone, o dono da carga disse que um dos suspeitos era o motorista contratado para o transporte da carga. Eles ainda tentaram fugir e antes disseram desconhecer os veículos. Em virtude dos indícios de que a dupla era a responsável pelo furto, os dois foram presos e encaminhados para a Polícia Civil de Frutal.

ARMA APREENDIDA
A segunda ocorrência aconteceu horas depois, em fiscalização do Grupo de Policiamento Tático (GPT) da Delegacia de Teófilo Otoni da PRF. Policiais pararam um ônibus que seguia de Belo Horizonte para Ilhéus (BA) na BR-116, na altura do posto da PRF, e encontraram um revólver calibre 38, da marca Rossi, com cinco munições intactas em uma das malas.

Ao conferirem a numeração da bagagem, chegaram até um dos passageiros, de 49 anos, que disse ter comprado a arma para defesa pessoal por R$ 2,6 mil. A ocorrência foi encerrada na Polícia Civil de Teófilo Otoni.