Categorias
Conquistas do Setor

Artigo sobre o Procaminhoneiro/ 2009 – mais uma luta da UNICAM

Artigo do site da Unicam, publicado em Julho/2009

Essa, como todos sabem, é a terceira versão do programa Procaminhoneiro que tem como objetivo criar condições para o transportador autônomo de cargas poder comprar um caminhão novo ou pelo menos trocar o seu equipamento por um mais atualizado, recuperando alguma condição de sobrevivência no mercado de transportes.

E por que até a última versão, esse programa jamais funcionou? A principal razão, além dos juros elevados, era a falta de crédito, porque, também como todos sabem, uma coisa é ter financiamento outra coisa é ter crédito. De que adiantava o BNDES disponibilizar os recursos e na hora do financiamento os Bancos exigirem garantias que o Caminhoneiro não tinha como oferecer?

Foi isso que fizemos ver ao Governo em dezenas de reuniões com Ministros, com a Ministra Dilma Rousself e até com o Presidente Lula. Mostramos a dura realidade enfrentada pelos milhares de caminhoneiros e pequenas empresas que representam quase 90% da movimentação de cargas de praticamente todas as cadeias produtivas do País, sem os quais efetivamente esse país pára.

Mostramos, acima de tudo, que sem uma efetiva redução dos juros, aumento do volume de financiamento e flexibilização das regras impostas pelas instituições financeiras, que aprovam o empréstimo aos motoristas, não haveria como se criarem as condições para uma profunda e inadiável renovação da frota de caminhões, melhorando sua eficiência econômica, reduzindo poluição e acidentes.

Mostramos estudos de técnicos do próprio BNDES revelando que a troca de um caminhão velho por outro novo permitirá ao transportador de cargas autônomo pagar a prestação do novo veículo somente com a economia de combustível e o aumento da capacidade de carga obtidos com a troca e ainda lhe daria uma receita maior do que a obtida com o veículo antigo.

Mostramos, enfim, ao governo que o que estava em jogo não era o risco dos Bancos na concessão do empréstimo, mas a dura realidade das mortes diárias causadas por veículos ultrapassados sem as mínimas condições de segurança e de rentabilidade, que obrigam os caminhoneiros a jornadas de trabalho excessivas, para não dizer suicidas.

E, como ensinava Santo Tomás, “contra fatos não há argumentos”.

Foi assim, com base em fatos, que o governo depois de mobilizar diversos ministérios, secretarias e autarquias em trabalho conjunto com representantes do setor privado interessados no assunto, determinou mudanças profundas no Procaminhoneiro que estamos certos se levadas a efeito, e vamos continuar trabalhando duro para que isso aconteça, vão permitir finalmente que qualquer caminhoneiro possa realizar o sonho de comprar um caminhão novo.

Cumpre destacar que além da profunda redução dos Juros que baixaram de 13,5% para 4,5% ao ano, foi criado pela primeira vez o  Fundo Garantidor de Investimentos (FGI). Esse Fundo vai finalmente possibilitar o acesso ao crédito aos caminhoneiros nas 21 instituições financeiras repassadoras dos recursos do Programa.

Além disso,  o plano pode ser utilizado para o financiamento de diversos veículos: caminhões, chassis, implementos e equipamentos rodoviários, e também para instrumentos de gerenciamento de risco, como rastreadores e contratação de seguros.

Para ter acesso ao crédito, o caminhoneiro deverá ser cadastrado pelo BNDES, possuir o cadastro do RNTRC (Registro Nacional do Transportador Rodoviário de Cargas) e estar em dia com suas obrigações fiscais e tributárias.

Os financiamentos se estendem para caminhoneiros autônomos, micro, pequenas e médias empresas de transportes e empresas individuais relacionadas ao transporte rodoviário de cargas.

É disso que se trata o  Procaminhoneiro, meus amigos. É  por um Programa como esse que vimos há tempos lutando. E nunca desistimos porque sabemos que com luta tudo é possível.

Para mais informações, entre em contato com a UNICAM através dos telefones: (11) 3935-6760 / 3931-3351.

José Araújo Silva “China” – www.unicam.org.br

Saiba Mais sobre a Luta da Unicam pelo Procaminhoneiro:

Primeira Carta ao Presidente da República

Documento entregando procaminhoneiro e carta-frete Dilma Rousseff

Medida Provisória 661

Lei 13126

Política de Desenvolvimento Produtivo BNDES

Procaminhoneiro com taxa de 4,5%

Circular 75

Plano de Adequação do Procaminhoneiro maio 2008

Apre_Plano_Adequacao_Procaminhoneiro original Pamcary

Portaria Equalização 2

Plano_Adequacao_Procaminhoneiro 

portaria MF -metodologia equalização[1]

Procaminhoneiro resumido