Região Sul registra diesel e gasolina mais baratos do País em maio

Em linha com o revelado pelo Índice de Preços da Ticket Log (IPTL) na primeira quinzena de maio, a Região Sul confirmou a liderança nos preços mais baixos da gasolina e do diesel no fechamento do último mês. Os índices apontam que houve uma queda de 5,4% no preço da gasolina em relação a abril, e com isso o combustível foi encontrado nas bombas gaúchas pelo preço médio de R$ 3,763. O diesel também teve um recuo expressivo de 7,8% e foi comercializado a R$ 2,864. O cenário foi de recuo também para o etanol, vendido em maio ao preço médio de R$ 3,277, ante os R$ 3,439 de abril, uma baixa de 4,7%

“O comportamento de baixa no preço dos combustíveis no Sul, em especial do diesel e da gasolina, reforça que a região tem participação expressiva no ranking nacional. O diesel, por exemplo, chega a ser 19% mais barato no Sul que no Norte. Assim como a gasolina, que nessa mesma comparação, apresenta valor 8% menor”, afirma o head de Mercado Urbano da Edenred Brasil, Douglas Pina.

O IPTL também apontou os índices de preços nos Estados da região. Na liderança, o Paraná manteve os menores preços para etanol (R$ 2,592), gasolina (R$ 3,614), diesel comum e diesel S-10, que tiveram recuos expressivos no comparativo com abril, e foram encontrados por R$ 2,757 e R$ 2,804, respectivamente. Já os valores mais altos foram desembolsados pelos motoristas do Rio Grande do Sul, com a gasolina a R$ 3,911, o etanol por R$ 3,812 e o diesel S-10 a R$ 2,987. Santa Catarina apresentou o maior preço para o diesel comum, vendido a R$ 2,920, mesmo com o recuo de 7,7%.

Bairros de Porto Alegre também apresentam destaques nos preços

A variação no preço dos combustíveis também foi percebida nos bairros de Porto Alegre. A zona leste é líder em preços mais altos para diesel (R$ 3,186), diesel S-10 (R$ 3,275) e gasolina (R$ 3,893), enquanto a zona sul tem os menores preços para gasolina (R$ 3,816), diesel (R$ 2,983) e etanol (R$ 3,736). Já a zona norte tem o etanol mais caro da cidade, vendido ao preço médio de R$ 3,823.

Cenário nacional: maio reforça queda e combustíveis têm o menor preço médio do ano

O comportamento de baixa no preço médio de todos os tipos de combustível se manteve em maio, de acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL). A gasolina, que em abril era encontrada por R$ 4,253, registrou no último mês a média de R$ 4,005, uma queda de 6%. Já o etanol passou de R$ 3,451 para R$ 3,206 em maio, recuo de 7,1%. Quando comparado com as maiores médias registradas para esses combustíveis no ano, o recuo médio nas bombas chega a 15%.

Embora o Estado de São Paulo tenha o etanol mais barato do Brasil, encontrado a R$ 2,375, a Região Sudeste também se destaca com menor preço para o gás natural veicular (GNV), encontrado a R$ 3,169. O Nordeste se manteve com queda em todos os combustíveis, com destaque para o recuo de 7,5% no diesel, que teve o litro vendido ao preço médio de R$ 3,210. Já a gasolina é vendida ao menor valor na Região Sul, com média de R$ 3,763, recuo de 5,38%, ante abril.

O Norte concentra o maior valor médio da gasolina, vendida a R$ 4,094. O litro mais barato foi registrado no Amapá, comercializado a R$ 3,341. Já o Centro-Oeste teve o etanol mais barato do Brasil, com média de R$ 2,832, um recuo de 7,4% em relação a abril.

O IPTL é um índice mensal de preços de combustíveis levantados com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais 25 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.