Avenidas, ruas e rodovias amanhecem alagadas na Baixada Santista

Santos – G1 e Tribuna

A chuva que atingiu a região da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, durante a madrugada desta quarta-feira (12), deixou avenidas, ruas e até rodovias alagadas em algumas cidades da região.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de Santos, uma árvore caiu no bairro Caneleira e interditou a pista de subida do morro. Os agentes da CET foram para o local para organizar o trânsito. Por volta das 7h30, a árvore que comprometia o local foi retirada da descida da Caneleira.

Alagamento no viaduto do Jardim Casqueiro, em Cubatão (Foto: Solange Freitas/G1)

Alagamento no viaduto do Jardim Casqueiro, em Cubatão (Foto: Solange Freitas/G1)

As pistas da avenida Nossa Senhora de Fátima registram pontos de alagamento nos dois sentidos e apenas ônibus e caminhões trafegam no local. O desvio pela Bóris Kauffmann ficou complicado porque também a marginal da Anchieta apresenta pontos de alagamentos. Na Avenida Martins Fontes há pontos de alagamento e o tráfego é lento. O caminho opcional pelo morro já foi liberado.

O dia amanheceu com chuva em todos os trechos do Sistema Anchieta-Imigrantes. A rodovia Cônego Domênico Rangoni ficou com tráfego interditado, sentido Guarujá, no km 265 e km 263, e sentido São Paulo, no km 263, devido alagamento.

Na Rodovia dos Imigrantes, os alagamentos causam interdição parcial da via no km 65, nos dois sentidos, por onde os veículos passam com dificuldades. Já na Rodovia Anchieta, sentido litoral, há bloqueio das faixas 1 e 2 na altura do km 60 também por causa dos alagamentos.

O planalto da Rodovia Anchieta está com tráfego lento, sentido São Paulo, do km 20 ao km 17 e do km 13 ao km 10, devido ao excesso de veículos. O planalto da Rodovia dos Imigrantes está com tráfego lento, sentido São Paulo, do km 16 ao km 14, também por excesso de veículos.