• Home »
  • ANTT »
  • Caminhoneiros protestam pelo 8º dia em MT contra aumento de impostos sobre combustíveis

Caminhoneiros protestam pelo 8º dia em MT contra aumento de impostos sobre combustíveis

G1

Caminhoneiros fazem bloqueios na manhã desta terça-feira (8) em quatro trechos da BR-163 e BR-158 em Mato Grosso. É o oitavo dia de protesto contra o aumento do PIS/Cofins sobre os combustíveis, decretado recentemente pelo governo federalOs bloqueios começaram na terça-feira (1º). Não há informações sobre o número de manifestantes nos locais.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Rota do Oeste, concessionária que administra a rodovia, os bloqueios ocorrem nos seguintes trechos: km 686 da BR-163 em Lucas do Rio Verde (a 360 km de Cuiabá); km 599 da BR-163 em Nova Mutum (a 269 km da capital); km 747 da BR-163 em Sorriso (a 420 km de Cuiabá) e no km 40 da BR-158 em Vila Rica, (a 1.276 km de Cuiabá).

Segundo a concessionária, em Lucas do Rio Verde, a pista foi fechada às 7h15, no km 686 da BR-163. No local, caminhoneiros realizam uma manifestação. Veículos de passeio, ônibus, ambulâncias e carregados com carga viva ou perecíveis têm a passagem autorizada.

Em Nota Mutum, no km 599 da BR-163, o tráfego foi fechado às 8h38. A previsão dos manifestantes é de liberação do fluxo de veículos de cargas das 11h às 13h. Em Sorriso, no km 747 da BR-163, os manifestantes fecharam a pista às 8h31.

Durante o bloqueio, os caminhoneiros impedem apenas a passagem de veículos de carga, porém os veículos de carga que transportam carga viva e perecível e todos os outros tipos de veículos têm passagem liberada.