Circulação de caminhões sofrerá restrições para os Jogos Olímpicos

Matéria do jornal O Globo

Faltando 22 dias para os Jogos, a cidade começa a sentir os efeitos colaterais de sediar a Olimpíada. Com a entrada em vigor do decreto 41.867 que, entre outras medidas, restringe a circulação de caminhões e veículos pesados em algumas das principais vias do Rio, do próximo dia 18 (segunda-feira) até 19 de setembro, empresas que trabalham com entrega de produtos terão que alterar radicalmente suas operações. A Federação de Transporte de Cargas do Rio (Fetranscarga) afirma que, só na cidade, cerca de 3 mil empresas deverão ter seus serviços fortemente impactados com a entrada em vigor da medida, que influenciará desde mudanças até entregas de eletrônicos e eletrodomésticos.

Caminhões: horários de entrega serão alterados - Eduardo Naddar / Agência O Globo

Caminhões: horários de entrega serão alterados – Eduardo Naddar / Agência O Globo

LOJISTAS PREOCUPADOS

Diretor da Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio), Jorge Luiz das Neves Morais afirma que os lojistas estão preocupados e que, com certeza, haverá uma repercussão. Ele disse esperar que “a prefeitura, que sempre se mostrou aberta para conversar, esteja sensível para fazer ajustes até chegar a um modelo que não comprometa a operação”.

Na área de maior restrição, no Centro e na Zona Sul, por exemplo, estarão proibidos o serviço de carga e descarga das 6h às 21h, nos dias úteis, e sábados até as 14h. Há exceção para Veículo Urbano de Carga (VUC) — com largura máxima de 2,70 metros e comprimento máximo de 7,20 metros, que poderá circular das 11h às 17h.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/circulacao-de-caminhoes-sofrera-restricoes-para-os-jogos-olimpicos-19708192#ixzz4ETqAyTDH
© 1996 – 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.