Daimler e Uber firmam parceria para colocar autonomos nas estradas

Auto.Monitor (Portugal) – Numa parceria que tem por objetivo acelerar a introdução de veículos autónomos nas estradas, a Daimler e a Uber anunciaram um acordo que envolverá a cedência de vários Mercedes-Benz autónomos para os serviços de partilha de viagens da empresa norte-americana.

Mercedes-Benz Divulgação

Mercedes-Benz Divulgação

Embora muitos dos detalhes não tenham sido divulgados, a Daimler emitiu um comunicado no qual refere que os veículos autónomos da marca farão parte, nos próximos anos, da “rede global de viagens partilhadas da Uber” – o novo Mercedes-Benz Classe E deverá ser o primeiro modelo a juntar-se à Uber já que, atualmente, é o veículo da marca alemã mais avançado em termos de tecnologias de condução autónoma.

Será a primeira vez que um construtor automóvel, tendo desenvolvido um veículo com tecnologias de condução autónoma sem a ajuda da Uber, se junta à rede de viagens partilhadas da empresa norte-americana.

“Como inventor do automóvel, a Daimler pretende ser um dos líderes na condução autónoma – um dos aspectos mais fascinantes da reinvenção da mobilidade. A verdadeira revolução na futura mobilidade reside na ligação inteligente das quatro grandes tendências que chamamos de CASE: conectividade, condução autónoma, partilha e mobilidade eléctrica. E certamente seremos o motor dessas mudanças”, afirmou Dieter Zetsche, presidente do conselho de administração da Daimler AG e diretor da Mercedes-Benz.