• Home »
  • Infraestrutura »
  • Motoristas reclamam de desvio precário após interdição de rodovia em Monte Azul Paulista,SP

Motoristas reclamam de desvio precário após interdição de rodovia em Monte Azul Paulista,SP

G1

Motoristas que utilizam diariamente a Rodovia Armando de Sales Oliveira (SP-322), reclamam da interdição total da pista, depois que o asfalto cedeu em um trecho em obrasem Monte Azul Paulista (SP).

A previsão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) é que a via fique bloqueada por, pelo menos, 15 dias. Durante esse período, os veículos devem realizar um desvio pela Rodovia Brigadeiro Faria Lima (SP-326), tornando as viagens mais longas.

“Dificuldade para atravessar de uma cidade para outra. Começaram logo agora, na época da chuva Eles sabem que é época da chuva e não pode mexer, e deixam para fazer agora? Está complicado para nós”, reclamou o lavrador Gilson de Souza.

Além de ser mais longo, o trecho também é pedagiado – o preço da tarifa na praça em Colina (SP) é de R$ 8,70. Para evitar gastar mais dinheiro e tempo, motoristas estão usando uma estrada de terra, um pouco antes da interdição.

Trecho da Rodovia Armando de Sales Oliveira é interditado em Monte Azul Paulista — Foto: Carlos Trinca/EPTV

Trecho da Rodovia Armando de Sales Oliveira é interditado em Monte Azul Paulista — Foto: Carlos Trinca/EPTV

O desvio por ali é de quatro quilômetros, mas o trecho também não está em boas condições. A chuva transformou a terra em barro e muitos veículos ficam atolados pelo meio do caminho.

“Esse desvio está um caos, um monte de carro atolado, carro batido, caminhão atravessado na pista. Depois que eles interditaram, choveu e a chuva da madrugada estragou a estrada. Está problemático, um caos mesmo”, disse o vendedor Sebastião Nascimento Júnior.

O trabalhador autônomo João Delarco reclamou que a Rodovia Armando de Sales Oliveira estava em más condições antes da obra, mas também criticou a falta de sinalização do local durante a intervenção.

“Está uma anarquia para frente, está um caos. Se continuar chovendo, vai complicar cada vez mais, porque já tem um monte de carro parado para trás. Camionete ainda consegue passar, caminhão. Agora, carro baixo, está ficando para trás”, afirmou.

Intervenção

O DER informou que o local, no quilômetro 417,5 da Rodovia Armando de Sales Oliveira, passa por obras de substituição do sistema de drenagem e o bloqueio já estava previsto, mas foi antecipado devido ao deslizamento de terra no domingo (16).

“A interrupção do tráfego é necessária para a substituição de tubulação metálica que permite a passagem de águas pluviais por nova galeria de concreto armado, que aumentará a capacidade de escoamento. Trafegam pela rodovia, diariamente, cerca de 9 mil veículos”, diz a nota.

As obras na rodovia foram iniciadas em novembro de 2017, com previsão de término em outubro de 2018. O investimento é de R$ 586 mil com recursos do governo do estado de São Paulo.

Motorista utilizam estrada de terra para acessar cidades vizinhas a Monte Azul Paulista — Foto: Carlos Trinca/EPTV

Motorista utilizam estrada de terra para acessar cidades vizinhas a Monte Azul Paulista — Foto: Carlos Trinca/EPTV

Desvios

Quem segue no sentido capital – interior deve acessar a Rodovia Brigadeiro Faria Lima (SP-326), em Bebedouro (SP), passar pela Rodovia José Marcelino de Almeira (SP-373), em Colina, e retornar à Armando de Sales Oliveira em Severínia (SP).

Os motoristas também podem optar pela Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425) no trevo de entroncamento com a Rodovia Brigadeiro Faria Lima, no sentido São José do Rio Preto (SP).

Já os motoristas no sentido contrário devem passar por Severínia, Colina e retornar à Rodovia Armando de Sales Oliveira em Bebedouro. O trecho está sinalizado pelo DER. Em todos os desvios, é preciso passar por uma praça de pedágio, cuja tarifa é de R$ 8,70.