• Home »
  • Notícias »
  • Polícia registra redução nos acidentes com motos em rodovias gerenciadas por pedágios

Polícia registra redução nos acidentes com motos em rodovias gerenciadas por pedágios

O Documento

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registrou uma queda de 17% no número de mortes de motociclistas nas rodovias BR-163, BR-364 e Rodovia dos Imigrantes no primeiro semestre do ano em relação ao mesmo período do ano passado. Apostando em uma redução ainda maior, a Concessionária que cuida destas rodovias, apoia e participa do Motociclista Vivo – Pit Stop Educativo, realizado no último sábado (30). A iniciativa faz alusão ao Dia dos Motociclistas, comemorado no dia (27 de julho).

Com 36 mil motociclistas trafegando mensalmente no trecho sob a responsabilidade da Concessionária, ou seja, apenas 2% dos usuários das rodovias, os motociclistas representaram 25% dos óbitos registrados de janeiro a junho de 2016. De um total de 60 mortes, 15 foram de motociclistas. Em relação ao número de acidentes, a presença dos motociclistas também é alta. Dos 1.533 acidentes, 404 envolveram esse usuário.

Como estão mais expostos e desprotegidos, os motociclistas terminam vitimados mais facilmente. Diante dessa preocupação, a Rota do Oeste aposta na orientação dos motociclistas como forma de prevenir acidentes e sinistros nas rodovias.

Entre as medidas adotadas está a participação no evento organizado pelo Departamento Nacional de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) no sábado (30), das 9h às 16h no Ginásio Verdinho, na entrada do bairro CPA 1, em Cuiabá. A iniciativa conta ainda com a parceria de outras 16 instituições públicas e privadas.

“Faz parte do nosso compromisso instruir os usuários das rodovias, já que essa é a melhor forma de prevenir acidentes”, comenta o gerente de Sustentabilidade da Rota do Oeste, Pedro Ely. “Durante o evento, forneceremos dicas de direção defensiva para aumentar a proteção do motociclista. Será uma ótima oportunidade de contato com esse grupo.”

Evento – Com o tema “Quem é vivo reduz a velocidade e acelera a paciência!”, o projeto Motorista Vivo busca orientar o público sobre a importância dos cuidados com o trânsito, com a saúde e com a manutenção da motocicleta. Estarão disponíveis ao público serviços gratuitos tanto para o motociclista, como avaliações médicas e exames de audiometria e oftalmológico, quanto para o veículo, oferecidos pelas concessionárias credenciadas.

“Será feito o checklist de itens e ainda pequenos reparos nas motos, enquanto os proprietários cuidam da saúde e aprendem um pouco mais sobre segurança. O número de motociclistas tem aumentado muito no Estado e eles são os mais frágeis do trânsito, se envolvendo com frequência em acidentes”, comenta Maria Fabíola Barbosa Cavalcante, analista do Serviço de Trânsito do Detran-MT.

Na estrutura montada, os motociclistas contarão ainda com serviços gratuitos para Emissão de CRLV, instrução de pilotagem segura em pista específica, além da exposição de motocicletas e equipamentos de segurança.

Parceiros – São participantes do Motociclista Vivo Motociclista Vivo: Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Comitê Municipal de Saúde de Cuiabá,  Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), SMSU, SMSET, Alligators Moto Club, Coopermotos, Moto Club Cuiabá MT 65, Harley Dawison, Honda, Kawasaki, Suzuki e Yamaha.