Sete morrem em rodovias de MS no feriado da Proclamação da República

Os balanços do feriado da Proclamação da República das polícias Rodoviária Federal e Militar Rodoviária apresentaram sete mortes nas rodovias que cortam Mato Grosso do Sul. Os números divulgados nesta quarta-feira (16) correspondem ao período de 11 a 15 de novembro. Na operação de 2015, foram registrados quatro morte.

Ao todo, foram registrados 37 acidentes nas rodovias estaduais e federais. A maioria nas rodovias federais, que somaram 27 acidentes, sendo cinco graves e com cinco mortes. Também foram fiscalizados 8.493 veículos.

Carro foi flagrado a 202 km/h na BR-463 em MS (Foto: PRF/ Divulgação)

Carro foi flagrado a 202 km/h na BR-463 em MS (Foto: PRF/ Divulgação)

Só a PRF multou 2.356 motoristas por excesso de velocidade, com radares fixos e móveis. Na BR-463, entre Dourados e Ponta Porã, no sul do estado, um carro foi flagrado a 202 km por hora. Foram 294 multas por ultrapassagens indevidas – infração, segundo a PRF, responsável pela maioria das mortes nas estradas federais.

A PRF ainda realizou 1.917 testes de bafômetro com 21 autos de infração – que são notificações da multa que virá a seguir – e 7 prisões.

As apreensões de drogas somaram 2.755 kg nas rodovias federais e estaduais. Um total de 13 veículos foram recuperados. A Polícia Rodoviáriária Federal apreendeu 29 pessoas por crime de tráfico.

Fiscalização ambiental
A Polícia Militar Ambiental também realizou operação no feriado de Proclamação da República. O trabalho foi intensificado sobre a pesca predatória e tráfico de papagaios. O efetivo contou com 340 homens. Um total de R$ 96 mil em multas foram aplicados.

Quatro homens foram presos por pesca ilegal; dois por caça, em Três Lagoas; um por exploração de madeira em Corumbá; um por transporte de carga perigosa em Mundo Novo e outro em Naviraí; um por desmatamento em Porto Murtinho; e um por degradação de nascentes em Inocência.