UNICAM é recebida pela presidência do BNDES em sua sede no Rio

No último dia 27 de setembro, a Presidente do BNDES, Dra. Maria Silvia Bastos, recebeu o presidente da União Nacional dos Caminhoneiros UNICAM, José Araújo (China) para tratar de reivindicações do setor referente ao programa Procaminhoneiro, REFIN e linha de crédito para adequação dos pontos de parada e descanso.

O presidente da UNICAM iniciou a reunião contextuando a trajetória e ações atuais da entidade e que devido momento econômico de recessão no país e falta de aplicação das legislações em vigência e falta de fiscalização dos órgãos competentes o TRC tende as ameaças de greve. Entregou ainda o dossiê UNICAM, projetos Carta Frete, Redução de IR e Procaminhoneiro.

Presidente Maria Silvia, do  BNDES com China, da UNICAM (Fotos: Divulgação)

Presidente Maria Silvia, do BNDES com China, da UNICAM (Fotos: Divulgação)

No que diz respeito ao BNDES destacou a necessidade de obter um relatório estatístico com quantitativo de financiamentos e refinanciamento executados.

O chefe de departamento de operações indiretas do órgão, Carlos Alberto,  declara ciência as reivindicações do TRC, inclusive de greves anteriores, relativo ao refinanciamento de dívidas. E que o Conselho Monetário Nacional – CMN irá regulamentar esta lei detalhando as condições.

Gilberto Freire, advogado da UNICAM, argumenta a falta de interesse dos bancos em fazer o financiamento devido à um dos pontos serem a falta de comprovante de renda, sendo um dos maiores entraves.

Já o diretor do BNDES, Ricardo Ramos, considera que devido ao “risco de credito” as transações entre banco e autônomos devem ter caído por falta da comprovação. E que com a atual conjuntura mesmo que disponibilizado o credito não haverá demanda momentaneamente. “O mercado tende a não fazer financiamentos em razão da situação econômica financeira”

Carlos Alberto informou ainda que os relatórios solicitados podem ser requeridos por meio do sistema e-Sic (Sistema Eletrônico de Informação ao Cidadão), ao qual a assessora parlamentar da UNICAM, Janaína Parente se dispôs a efetuar.

A presidente do BNDES, Maria Silvia, finalizou a reunião solicitando informes sobre os encaminhamentos das demandas.

O diretor Ricardo Ramos também sugeriu enviar pedido de alteração da data dos refinanciamentos, para 31 de dezembro de 2017, ao Ministério da Fazenda, onde intermediarão reunião para o alcance do benefício.

O outro pleito, dependendo da melhora econômica, entrarão em contato com o Banco do Brasil, Caixa Econômica e a Febraban para verificarem o porquê da não realização dos financiamentos aos autônomos.

Carlos Alberto se disponibiliza a passar todas as informações sobre as linhas de credito (BNDES automático) para pontos de parada de descanso. E que inclusive há uma linha BNDES/SEST-SENAT disponibilizado a CNT.

“Gostaria de agradecer a solicitude com que fomos atendidos pela presidente do BNDES. Ela se demonstrou sensível às solicitações da nossa categoria e certamente, essa reunião deverá ter desdobramentos positivos. É o que esperamos e iremos acompanhar”, afirma China, presidente da UNICAM.