• Home »
  • Rodovias »
  • Fluxo de veículos aumenta até 30% em rodovias do AC com o carnaval fora de época em Brasileia

Fluxo de veículos aumenta até 30% em rodovias do AC com o carnaval fora de época em Brasileia

Polícia Rodoviária Federal informou que nenhum acidente grave foi registrado desde o início da operação, na última sexta-feira (5).

O fluxo de veículos nas rodovias federais do Acre teve aumento de pelo menos 30% neste final de semana por causa do Carnaval fora de época, um dos eventos de comemoração os 109 anos do município de Brasileia, interior do Acre.

As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que começou, na sexta-feira (5), e segue até a segunda (8), a operação “Carnavale 2019″. A ação tem como foco monitorar as rodovias e aponta que o crescimento varia entre 20% a 30%.

Durante a operação, os policiais fiscalizam ultrapassagens irregulares, consumo de álcool por condutores, transporte de pessoas e condutores de motocicletas.

Além disso, devem ser feitas abordagens dos viajantes e consultas de documentações para coibir o tráfico de pessoas e de drogas, furto ou roubo de veículos e crimes ambientais.

Ainda de acordo com as informações da PRF, nenhum acidente grave foi registrado, até este sábado (6), desde o início da operação.

O assessor de comunicação da PRF, Wilse Filho, afirma que, por ser considerado um dos maiores períodos festivos do estado, onde há um intenso fluxo de turistas e veículos, principalmente na BR-317, a PRF-AC faz ações preventivas e ostensivas, integradas aos demais órgãos de segurança pública.

Carnaval fora de época em Brasileia — Foto: Fernando Oliveira/Arquivo pessoal

O carnaval fora de época faz parte da programação do aniversário de 109 anos da cidade de Brasileia, comemorado no dia 3 de julho. Desde o último dia 29 de junho o município iniciou as comemorações com atrações musicais, desfile cívico, torneio de futebol, entrega de unidades de saúde, ramais e ruas pavimentadas.

A primeira noite do carnaval fora de época ocorreu no dia 5. Segundo a prefeitura do município, o evento foi terceirizado este ano. A festa é fechada, mas os participantes não pagam para entrar. Porém, não podem entrar com bebidas.

A Banda Chiclete com Banana foi uma das principais atrações. A organização informou que ao menos 40 mil pessoas devem passar pela cidade nos dias de evento.