Categorias
Rodovias

Mortes em rodovias aumentaram 19%, aponta levantamento da PRF

evantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF) aponta que o número de acidentes em rodovias aumentou 19%. Em 2017 foram 191 mortes e 229 no ano anterior. Recentemente, despacho assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), determinou o recolhimento de todos os equipamentos medidores de velocidade (radares) estáticos, móveis e portáteis. Sete rodovias de Mato Grosso devem ser afetadas.

Sobre o registro de feridos graves, o ano de 2017 registrou 476. Em 2018 foram 563. Isso significa um aumento de 18,2%. No caso de feridos leves, foram 2102 vítimas em 2017 e 1992 em 2018. Ou seja, uma redução de 5%. Também houve redução no número de registro de acidentes. Em 2017 foram 3.518 acidentes e no ano seguinte 2.626. isso significa uma queda de 25%.

Comparando os dados dos acidentes desde 2010, até 2018, nos quatro primeiros anos os números vinham apresentando um crescimento constante, saindo de 3728 em 2010, para 4554, em 2013, mas a partir de 2014, houve um decréscimo no número de acidentes, saindo de 4439 em 2014, para 2626 acidentes em 2018, com uma redução de 40,84% nesse período.

Após decisão da retirada dos radares, A direção-geral da PRF expediu decisão administrativa na qual determina a todos os gestores e servidores da PRF que adotem as providências necessárias para o imediato cumprimento da decisão Presidencial. O recolhimento deve durar até que o Ministério da Infraestrutura conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas.

No Estado passam trechos das rodovias: BR-070, que começa em Brasília, e chega ao município de Cáceres, na fronteira com a Bolívia; BR-158, que começa no município de Redenção, no Pará e cruza o país, passando por Mato Grosso até chegar no município de Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul; BR-163, que vai do Pará, passando por Mato Grosso, até chegar no Rio Grande do Sul; BR-174, que liga Mato Grosso ao estado de Roraima; BR-242, que sai da Bahia até chegar em Sorriso, em Mato Grosso;  BR-251, que sai da Bahia até chegar em Cuiabá; e BR-364, que sai de São Paulo, passa por Mato Grosso e vai até o Acre.